quarta-feira, 21 de abril de 2010

Desordem

Desordem



Pessoas no lugar errado,

pensamentos no lugar de sonhos.

Sonhos desfocados da vontade,

vazio no coração.

Palavras que nada exprimem,

caminhos que não conduzem.

Mensagens que não ensinam,

éticas jogadas no chão.

Ideologias cruzadas,

destinos paralelos.

Ilhas humanas

de objetivos naufragados.

O horizonte esconde

o resto do caminho.

Os pés confiam,

vão em busca do futuro.

No escuro do silêncio

a alma pede perdão.


Roberta Marcon
© Todos os direitos reservados

;;